sábado, 9 de janeiro de 2010

ABENÇOADO SEJA O GARI

Homem que acorda cedo!
Trabalhador, cidadão, pai de família que às vezes mesmo sem tomar o café pela manhã vai para a labuta
Trabalha com sorrisos largos, canta nas avenidas, becos, vielas...
Faz malabarismo com a lata de lixo, mostrando a satisfação pelo que faz.
Cuida da nossa cidade, preserva o meio ambiente
Com olhos atentos enxerga o minúsculo cisco que voa pela rua e desce pela ladeira a baixo.
Que num corre-corre durante 8 horas do dia ou da noite busca coletar todo o lixo deixando a cidade mais limpa.
É bravo gari! O que seria das outras profissões se não fosse a sua?
Que com cuidado e dedicação tira as sujeiras da rua e o mau cheiro que impregnam o ar deixando todas as outras profissões satisfeitas
Você não deveria somente ser homenageado no Natal nem no Ano Novo. Você deveria ser homenageado todos os dias, porque a sua profissão convive com todas as outras a todo instante
Todos os dias companheiro, gari, a gente sabe quando você chega, você não esconde a sua profissão. Podemos esta até de portas fechadas, mas você anuncia que está ali bem perto da gente com um vozeirão junto com seus colegas e um batucar das latas, dos baldes e o ruído que emite no pegar do saco plástico parece uma grande orquestra que se mistura com o frear lentamente do caminhão de lixo a todo momento parecendo um marcador de compasso de uma escola de samba.
Orgulhe-se de sua profissão e saiba que outras profissões estão trabalhando ombro a ombro com você.
Existem pessoas que estão na profissão errada e tem também aqueles que estão se fazendo de profissional de determinada área e não são credenciados. Só Deus sabe como conseguiram. Mas um dia a máscara cai e cai de maneira desonrosa.
Observe que quando abre uma seleção para contratação do profissional gari, muitas outras profissões engrossam essa fila no desejo de ter a sua profissão.
Graças a Deus que temos a sua profissão, você é gari, nosso colega, nosso companheiro.
Obrigado por você existir...
Celso Almeida de Lacerda
Professor da Uneb – Barreiras- Ba
Ex Coordenador de Desenvolvimento de Pessoal da Limpurb – Salvador Ba.
02.01.2010

6 comentários:

Ronildo Serra disse...

valeu companheiro!Bonito esse gesto seu. Aceite o meu respeitoso abraço.

Ronildo - Acre

Idelbrando disse...

Bem pontual esse texto seu. Aquele idiota ( Boris) deveria sair do país, nao severia nem pra trabalhar em serviços de radios comunitárias.
Continue esrevendo amigo, os seus comentarios, poesias são bem interessantes.Você deve ser baiano arretado.
Fora Casoy!!!!
Abração Baiano
Idelbrando - São Paulo

Anônimo disse...

Muito bem tio!!!
Esse texto deveria ser enviado para Bóris Casoy ler ao vivo no jornal dele.
O que faz ele pensar que é melhor do que um gari?
Bjos
Priscilla Moreira

Caroline Redlich - Popy, disse...

Oiii prof... ótimo texto ein..
na verdade venho hj dizer q tem um presente [q ganhei tbm e q agora estou passando para os blogs q curto e que leio] no meu blog para vc.
!!!

Passa lá

Anônimo disse...

Perfeito, como sempre...

Abraço.

Junior

Jairo disse...

Jairo
E aê meu veio. Texto excelente. Os nossos irmâos Garis têm que ser rspeitados mesmos.
Valeu irmão!

Jairo - Porto Seguro- Ba