domingo, 25 de maio de 2008

Madrinha luz

A vida perde o encanto
E nas lembranças firmes e duradouras
Faço renascer a sua imagem
Bondosa e protetora.
Recordo-me do seu imenso afeto,
Das suas exageradas preocupações,
Do seu estilo materno,
Das suas demasiadas ponderações.
A falta do seu abraço filial,
Do beijo e da enorme afeição.
Deixa um vazio sem limite,
Que saudade... De pedir a sua benção.
Lembro-me, também das suas orações,
Que nas continuas manhas fazia
Com os seus joelhos plantados no chão,
Rezava por todos pedindo proteção.
Com os olhos tremos fechados
Orava que as lagrimas desciam com prazer
A entrega ao mestre Jesus
Era grandiosa sem se conter.
A sua vida na terra
Era brilho, fé e luz.
Procurava ajudar a todos
E tinha um eterno amor a Jesus.
Mas, o açúcar que adoça a vida,
Para mim um dia amargou,
Arrebatando a mãe madrinha
Para brilhar com o nosso senhor...

Por Celso Lacerda
17.06.1996

7 comentários:

Gabriela Lacerda disse...

Que lindo, pai. Saiba que amo mt o senhor e agradeço a Deus diariamente por ser sua filha. Me orgulho do senhor em tudo e conte comigo para o que precisar. Daria minha vida por vc. Um beijo e amo o senhor mais do que tudo!!! Obrigada por existir em minha vida. De todo o coração.

Gaby Lacerda disse...

Que lindo, pai. Saiba que amo mt o senhor e agradeço a Deus diariamente por ser sua filha. Me orgulho do senhor em tudo e conte comigo para o que precisar. Daria minha vida por vc. Um beijo e amo o senhor mais do que tudo!!! Obrigada por existir em minha vida. De todo o coração.

Thiago Monteiro disse...

Seu Celso,

Todo dia entro aqui esperando um novo texto... Quando o sr. vai atualizar o blog com novos poemas?

Abs,

Thiago

Anônimo disse...

Oi tio!!!
Quanto tempo...
Achei seu blog através do de Gabi e resolvi de ter um alô.
Por onde o Sr. anda?
Nós (eu, Marjorie, Lucas e mãe) continuamos aqui em Juazeiro.
Espero que esteja bem.
Um abraço.
Priscilla

Fabiola disse...

Oi tio!! Procurei seu blog no google e só hoje tive a oportunidade de ler seus textos e poemas! Adorei, está muito bonito seu blog viu!!
beijão
Sua nora.

Palestras e cursos para empresas varegistas disse...

Olá meu caro há dias queria entrar neste blog, agora consegui, as poesias são maravilhosas.

Somos ainda pequenos meu amigo, mas em muito podemos nos considerar grande e você é uma dessas grande pedras raras que encontramos em viagens para troca de conhecimentos.

Uma grande e forte abraço do amigo Luciano Moreno JJ.

Para este próximo ano Irei para o LEM.

Palestras e cursos para empresas varegistas disse...

Belas poesias, estas são o élo entre o interior e exterior humano, é a fonte de onde tiramos nossas mais incriveis sentimentalidades, angustias, praseres, onde nos abrigamos com medo de nós mesmo, de onde sabemos que "só existe verdadeiramente nós"

Luciano MOreno JJ